Jane The Virgin





Jane The Virgin é uma série americana baseada na telenovela colombiana, Joana a Virgem. Mas antes que você faça cara feia, Jane não tem nada dos dramalhões mexicanos e é muito engraçado, tanto que foi uma das melhores estreias do fall season* de 2014.
*Fall season é o período mais importante na tv americana. É a época em que as principais séries vão ao ar, bem como novas séries que são as grandes apostas do canal. Esse período costuma ir de outubro a maio. 


A série conta a história de Jane Villanueva, uma mulher de 23 anos que mora com a mãe e a avó. Quando Jane era pequena, sua avó lhe convenceu de duas coisas: novelas são um ótimo entretenimento e mulheres devem esperar até o casamento. E Jane vive por essas regras. Ela tende a ser um pouco dramática e complicada(assim como as novelas que ela assiste), o que só piora quando ela é, devido a um erro médico, inseminada artificialmente. 


 





Ainda não se convenceu? Vou te dar uns motivos

12 razões para assistir ao show


1-  Tem tudo o que você gosta numa telenovela, sem a parte que você detesta.

É muito raro encontrar alguém que tenha crescido nos anos 90 e início de 2000, que não tenha perdido horas assistindo Marimar, Maria do Bairro, A Usurpadora e afins. Novelas são uma característica marcante no entretenimento do povo latino, então o modo que a história é contada é bem próximo daquilo que a gente está habituado. Tem a mocinha, um mocinho, uma malvada, triângulo amoroso e todos esses elementos que a gente tá cansado de saber. À diferença? Jane the Virgin não tem todo aquele drama. A protagonista não chora toda hora e nem é uma mosca morta. Na verdade, as cenas de choro são poucas, muito bem escritas e dirigidas, causando lágrimas até em quem assiste.




 2- As mulheres Villanueva

Uma série que tem girl power, sem precisar escancarar isso. Jane mora com a sua avó Alba e com a mãe Xiomara, e elas são extremamente ligadas, mas mesmo assim com opiniões, personalidades e nuances tão diferentes que não tem como nao desejar uma relação familiar assim.

                               


 3-  Narrador
Sim, nós temos um narrador. Mas acredite em mim, quando você ouvir a voz de barítono desse narrador, você também vai querer que ele narre a sua vida. E sendo sincera? O narrador é parte essencial da série. Ele sempre nos relembra de acontecimentos passados, e explicando porque determinado personagem está agindo de tal maneira, geralmente por meio de flashback. E gente, o humor dele é perfeito!


4-  Triângulo Amoroso

O que seria de uma boa novela, sem o velho triângulo amoroso? Ok, essa ferramenta não é exclusiva das novelas e já cansamos de ver filmes, séries e livros lançarem mão desse recurso (muitos de maneira repetitiva e exaustiva, mas não vem ao caso). Em Jane, por enquanto, esse recurso está funcionando bem.
Em uma das pontas do triângulo temos o Michael, namorado de Jane já por 2 anos. Michael é um policial e está investigando um caso muito importante, que parece estar intimamente ligado ao hotel da família Solano (onde Jane trabalha). Além de ser um ótimo policial, Michael também é um excelente namorado. Ele respeita a decisão da Jane em relação ao sexo e ainda a apoia nas decisões relacionadas a gravidez, mesmo as mais difíceis.







Só que a vida não é perfeita e nem fácil e é exatamente por isso temos Rafael Solano na outra ponta do triângulo. Além de ser o pai do bebê, ele ainda é dono do hotel em que Jane trabalha (sim, ele é chefe dela) e se isso não bastasse, anos atrás ele e Jane se beijaram(e a Jane ficou sofrendo porque ele nunca ligou de volta). Para ser honesta, Rafael era um verdadeiro playboy, bem egocêntrico e irresponsável,  do tipo que colecionava admiradoras e quebrava seus coraçõezinhos sem pestanejar(Eu falei da Jane, não falei?). Mas aí, depois da doença que quase o matou(câncer no testículo), Rafael tem uma daquelas guinadas na vida e jura que sua experiência de quase morte o transformou em um novo homem. E olha que ele tá fazendo um excelente trabalho! Não tem como eu entrar em detalhes sem dar algum spoiler, mas esse carinha aí ainda vai arrancar muitos suspiros seus.
                              
                             


5-  Coração

As vezes num show com tantos elementos, os produtores acabam exagerando na dose é perdendo aquele apelo mais puro e único que alguns shows tem, algo que só podemos chamar de coração. Aqueles momentos que te emocionam e te fazem bem ao mesmo tempo. Muitos desses momentos envolvem Jane, Rafael e o bebê, mas grande parte deles acontecem entre Jane e sua mãe. A relação delas é leve, divertida e com vários segredos compartilhados ( qualquer semelhança com outra mãe e filha, moradoras de Stars Hollow é uma simples coincidência.)




6- Objetos Animados
Para alguns pode ser meio ridículo, mas os objetos falantes, quando aparecem, servem como uma representação da consciência da Jane. As cenas são pontuais e esse recurso não é usado com frequência, então não chega a beirar o ridículo.


7- SMS

Estamos em 2015 e a maioria troca mensagens ao invés fazer uma ligação. Nada melhor que um show moderno mostrar um hábito tão comum e corriqueiro. As mensagens são mostradas na tela. Geralmente, são mensagens entre Jane e Michael, ou entre ela e Rafael.

 


8- Sin Rostro

Triângulo amoroso? Confirma. Uma vilã digna de Paola Bracho? Confirma. Um cara rico e bonitão? Confirma. Dramas familiares? Confirma e confirma.
Bem, parece que o show tem de tudo e não precisa de mais nada, certo?
Errado! Pois se não bastasse todos esses elementos, ainda há o misterioso Sin Rostro. Lembra da grande investigação que o Michael tava fazendo? Ele está tentando descobrir a identidade/capturar um dos maiores traficantes já vistos e ele (ou ela) atende pelo codinome de Sin Rostro (ou "Sem Rosto"), já que ninguém nunca viu o rosto dessa pessoa. Aparentemente, o tal traficante tem alguma ligação com o hotel do Rafael(Ou ele só gosta do hotel mesmo, vai saber!).



9- Gina Rodriguez
Gente, alguém pega a Gina Rodriguez coloca num potinho e me dá de presente? Vocês vão entender o que eu estou falando assim que virem a série. Gina é perfeita em cena, sempre equilibrando o humor e a seriedades que o papel exige. E a prova disso é que ela ganhou um Globo de ouro depois de apenas 9 episódios terem sido exibidos. É mesmo com toda essa confusão de gravidez e tudo mais, ainda conseguimos ver Jane lutando pra se descobrir, correndo atrás dos sonhos e defendendo o que ela acredita ser certo.





10- Justin Baldoni

Gente, o que é esse homem!!!! Você pode até começar a série achando o Michael fofo, lindo e o namorado ideal. Mas se você não terminar o terceiro episódio completamente apaixonada pelo Rafael, você tem sérios problemas! Tem como ver esse homem sorrir e não sentir o coração fazendo tum tum tum tum, igual o da Jane? Tudo bem que durante o show você não consegue muitas variações de expressões ou uma atuação fantástica (até onde eu vi, nenhuma cena exigiu dele algo além de ficar irritado, ser encantador e ser fofo), mas Justin consegue convencer muito bem no papel do ex-playboy e aspirante a pai de família.


11- Jamie Camil

O que é esse homem! - parte 2. As cenas mais engraçadas dos epísódios é quando esse cara aparece na tela. Para quem não sabe, o Jaime é um astro de novelas mexicanas, duas delas foram exibidas no Brasil pelo SBT (A feia mais bela é Por ela sou Eva). O melhor? Ele interpretar Rogélio, um ator de novelas mexicanas bem famoso nos EUA. Ele é um pouco egocêntrico, bem atrapalhado, levemente ingênuo, mas com um grande coração. E ele vai fazer de tudo para cuidar da sua filha recém-descoberta.



                               



12- É engraçado

Pode ser em cenas de uma comédia mais física, ou das burradas do Rogélio ou das atrapalhadas da Jane. Ou devido aquele diálogo sagaz, super engraçado. Não importa como! A única garantia é que você vai rir. E quem sabe até se apaixonar?

                         














1 comentários :

  1. Olá, amei a dica de serie e estou louca para ver rsrs gostei muito do blog, como e já amo novelas mexicanas estou morrendo de vontade assistir, as vezes é bom fugir das series ou novelas cheias de drama e ver algo mais leve e engraçado. *.*




    http://somostodospoeiraestrelar.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir