[RESENHA] O Juiz



Sinopse: Advogado de muito sucesso, Hank Palmer (Robert Downey Jr.) volta à cidade em que cresceu para o velório de sua mãe, que há muito não via. É recebido de forma hostil pela família e resolve ficar um pouco mais quando seu pai, veterano juiz, é apontado pela polícia como responsável pela morte de um homem que condenou há vinte anos. Mesmo não se entendendo com o pai, Hank debruça-se sobre o caso, mas os dois não conseguem conviver amigavelmente e a possibilidade de condenação aumenta a cada revelação.

"Às vezes, você tem que perdoar... para ser perdoado."

Hank é um homem negligente, e também muito famoso por nunca perder uma causa, e isso inclui defender pessoas da pior índole, pois segundo ele os pobres não podem pagar seus honorários.

Logo no inicio do filme, Hank recebe uma ligação de que sua mãe faleceu, e adivinhem? sua reação não demonstra muita emoção, a partir desse ponto é possível perceber que o advogado não tem uma boa relação com sua famila, primeiro pois não demonstrou grande importância com a noticia do falecimento de sua mãe, segundo porque ele nem sequer levou sua filha já bem grandinha para conhecer seus avos uma unica vez na vida!

Em razão dos motivos já citados, Hank viaja para sua cidade natal no interior, Carlinville, onde seu pai Joseph é um renomado Juiz, mas ele não é recebido calorosamente pelo pai e irmãos em decorrência de todos esses anos ausentes, então decide ficar apenas o tempo necessário e partir, porém não obtêm exito, porque ao quase embarcar recebe uma ligação de que seu pai está sendo acusado de homicídio.

Ao voltar para a casa do pai, Hank esta decidido a ajudar Joseph, mas o idoso não se recorda do que aconteceu, oque dificulta o trabalho do advogado, e para piorar as coisas ele não quer a ajuda do filho e contrata um advogado inexperiente.

No decorrer do filme, o telespectador fica dividido se Joseph é realmente culpado pelo homicídio ou não, e isso faz com que o filme fique mais interessante a cada minuto.

O Juiz é mais do que um filme de julgamento, nos mostra a relação de pai e filho,e em como no meio de um momento turbulento as coisas podem funcionar graciosamente, o filme também é um alerta para  oque nós podemos perder ao se afastar de quem amamos, e nos ensina a dar valor em nossos entes queridos, porque as vezes pode ser tarde demais para se redimir.


Título original: The Judge
Roteiro: Bill Dubuque e Nick Schenk
Direção: David Dobkin
Duração:141 minutos








0 comentários :

Postar um comentário