[Resenha] Liga da Justiça da América - Torre de Babel



Os arquivos secretos de Batman sobre a Liga da Justiça caíram na mão do se um mais antigo e mortal inimigo: Ra`s al Ghul! Agora Superman,Mulher Maravilha, Aquaman,  Caçador de Marte, Lanterna Verde e Flash estão sendo levados a armadilhas especificamente para se opor as suas notáveis habilidades. Será que a Liga da Justiça sobreviverá? E se sobreviver, o Batman será perdoado por está terrível traição?


Autor: Mark Waid
Ilustração: Howard Poter
Edições: LJA #43-46




Antes de começar, quero deixar claro que algumas pessoas da equipe me chamam de Marvete. Vim aqui provar que não existe isso pra mim, sou apenas um leitor de quadrinhos rs. Brincadeiras a parte, vamos para a resenha.

Já parou pra imaginar o que aconteceria se você não entendesse nenhum tipo de linguagem, seja ela escrita ou falada?  E tudo que você lesse fossem apenas letras incoerentes e o que ouvisse fosse sons ilógicos? Seria estranho, não? Isso começa acontecer de uma hora pra outra em todo o mundo. As pessoas tentam se comunicar ou ler seus jornais, mas nada faz sentido. Nesse mesmo momento toda a liga, exceto o Batman, é atacada de forma que a maior fraqueza de cada um é explorada. Mas, como?

Não sei se todos sabem, mas esse arco mostra que o Batman guarda alguns arquivos com formas de neutralizar os membros da liga. Algumas dessas formas foram, pelo menos, interessantes. vou listar duas abaixo:

  • Aquaman torna-se hidrofóbico devido a uma forma alterada da toxina o medo produzida pelo Espantalho. Sem água, ele morreria em questão de horas.
  • Graças a um chip de realidade virtual inserto em seu ouvido, a Mulher-Maravilha é induzida a pensar que está em combate contra um oponente que ela não pode vencer e é seu igual em todos os sentidos, recusando-se, inclusive, a desistir mesmo que a batalha cause sua morte por ataque cardíaco.

Caso queira conhecer as outras, será necessário ler este arco.

Aquaman com sua hidrofobia


Bem, desse ponto em diante, todos os plots e subplots giram em torno do Batman. Ele descobre o culpado por ambos os ataques, e mostrando bem como os arquivos dele foram vazados. Prefiro não ir mais longe, pois seria obrigado a falar muitos spoilers, e isso estragaria a experiência. A única coisa que direito a mais, é do final. O final tem uma discussão interessante sobre os membros, mas antes ler os últimos quadros, tente responder por você mesmo e veja se coincide com o rumo da história.

Mark Waid fez um trabalho primoroso no roteiro, pegando a ideia bíblica da Torre de Babel e aplicando em uma histórias de heróis. Parece não fazer sentido, mas fiquei muito bem escrito. Sobre a arte eu tenho apenas uma crítica. Em alguns momentos as expressões tinha uma arte exagerada e meio caricata.

Liga da Justiça da América: Torre de Babel é um excelente arco da Liga da Justiça e vale muito a pena ler. É empolgante, com bastante ação e com um final que é um show a parte.

Mas e você? Já Leu? Ficou com vontade de ler? Diz ai nos comentários. E Até a próxima.

Por: Filipe

0 comentários :

Postar um comentário