One Sunny Day




Sinopse: Ji Ho (So Ji Sub) vai para a ilha Jeju para refrescar sua cabeça depois de se separar de sua namorada (Im Joo Eun). Mas no friozinho do início do inverno Ji Ho conhece por acaso uma menina linda (Kim Ji Won) – isso aquece o coração dele em um inesquecível dia de sol.

Meu primeiro web drama/ mini-drama por aqui. Esses dramas não são exibidos na TV, e sim, como o próprio nome diz, são exibidos na internet, lá na Coréia. Eles são draminhas bem curtinhos, e geralmente a duração de um episódio fica em torno de 15 minutos. Então, eles sempre são uma boa pedida para quando você quer fazer uma maratona rápida, ou ainda tá sofrendo daquela famosa depressão pós-drama Resolvi assistr esse dorama por razões So Ji Sub, por que achei ele a coisa mais fofa em Oh, my Venus!

Enfim, nesse dorama ele é o JinHo, como foi falado ali em cima. Ele foi abandonado pela namorada (na verdade, ele é o outro e fica nessa situação por um tempo, até que a mulher decide que não vai romper com o oficial). Ele acaba viajando para Jeju para achar um local para o evento e também se distrair um pouco.

Ele vai parar num albergue para solteiros (quem tá lá é porque quer pegar alguém), ele é assaltado logo na primeira noite. Na delegacia, ele conhece uma garota que embora não estivesse hospedada no albergue, ela também tinha sido assaltada lá. Os policiais encaminham os dois para o Albergue da Rosa, que é uma casa onde a senhora alugou os quartos. A garota, que não tem seu nome revelado,  está ali para fazer a versão chinesa do guia de turismo da ilha.

           

Vemos JinHo transitando de um coração partido, para uma pessoa que está disposta a se abri de novo ao amor. O processo é lento, assim como na vida real (a menos que você seja a Taylor Swift), e consequentemente, o ritmo do drama compartilha desse marasmo. Eu entendi a proposta do drama, e ele a atende bem. No entanto, não me agradou muito. Tinha horas que você queria que uma coisa extraordinária acontecesse, mas nada acontecia. Afinal, eu repito, esse drama é bem similar a vida real (menos a parte de não revelarem o nome da menina até o último episódio).
                                              

Um ponto positivo foi que ninguém se apaixonou a primeira vista, nem ficou sofrendo por amor por uma pessoa que mal conhecia, mas ao mesmo tempo ficou aquela melancolia pelo o que poderiam viver caso seus caminhos se reencontrassem.

É um drama leve que não vai te levar às lágrimas ou às gargalhadas, mas vai ter proporcionar momentos doces e leves!


                           


Gente, o que foi essa cena do primeiro episódio ! E a primeira vez que a protagonista vê o personagem do Ji Sub, e ela logo se compadece da injustiça que a mãe e o garoto fazem ele passar.

Outra cena fofa, foi a cena do chuveiro!

A menina, ainda com toda. Sonolência no corpo surpreende o JiHo no chuveiro, e ele fica todo envergonhado. Infelizmente, não temos o visual do Ji Sub tomando o banho, mas pra quem já viu Oh My Venus, e só usar a imaginação!

     

                                         

Como eu falei, não morri de amores pelo drama, mas acho que ele cumpre ao que se propôs a fazer, então dou 3 estrelinhas! 











0 comentários :

Postar um comentário