[Resenha] Quando a Bela domou a Fera


Quando a Bela Domou a Fera (Livro 1)
Autor: Eloisa james
Coleção: Contos de Fadas 
Páginas: 320

Editora: Arqueiro


Eloisa James, uma renomada escritora de romances de época, fez sua grande estreia no Brasil pela Editora Arqueiro,  com sua série de contos de fada, onde em cada livro ela traz sua própria versão de uma conto clássico.

O primeiro livro dessa série é o "Quando a Bela Domou a Fera" e como o próprio título já dá a entender, trata-se de uma adaptação de A Bela e a Fera. Nesse livro temos a Linnet, que é considerada a menina mais linda da temporada e, logicamente, concorrente a várias propostas de casamento. Só que ela acaba se metendo num escândalo com o príncipe e todas as pessoas, inclusive seu pai, estão certas de que ela não é mais tão inocente assim e que, até mesmo, está grávida do príncipe.


E é nessa hora de desespero que aparece o Conde Marchant, ele possui um filho que vive num castelo, bem afastado de Londres. Seu filho é conhecido como Fera por seu porte avantajado e por seu temperamento irascível. Como o filho sofrera um grave acidente quando era mais novo, e ficou impossibilitado de ter filhos, o conde vê em Linnet a noiva perfeita para seu filho: uma moça que não receberá qualquer proposta de casamento (perdida para a sociedade) e que já vem com  um herdeiro na barriga, mesmo que ilegítimo.

Embora não esteja perdida, e muito menos grávida, Linnet agarra a oportunidade com unhas e dentes, afinal, ela já está arruinada perante a sociedade e aquela pode ser sua única chance de se casar. Só que Sebastian, e seu horrível temperamento, fazem de tudo para mantê-la longe. Tudo o que ele quer é passar o resto dos seus dias cuidando dos seus pacientes e reclamando da sua perna machucada (qualquer semelhança com o Dr. House não é mera coincidência). Obviamente, que Linnet não vai deixar por menos e Sebastian logo descobrirá que ela possui uma língua tão mordaz quanto a dele e uma determinação que se equipara a sua. 

É maravilhoso ver esses dois se apaixonando e parando de lutar contra o que sentem, ao mesmo tempo em que Sebastian vai aprendendo a resolver e perdoar os traumas do passado. Não tem como ler esse livro e não amá-lo!

0 comentários :

Postar um comentário